Projetos

  • Opção pelo trabalho em cooperativas (colaboração da professora Letícia Fantinel)

Objetivo: Descrever aspectos simbólicos relacionados aos motivos que levam as pessoas a trabalharem nas cooperativas Ascamare (Associação de Catadores de Material Reciclável) e Amariv (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis da Ilha de Vitória);

Método: Dentro da abordagem qualitativa, estão sendo utilizadas técnicas como observação, pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas. Através de tais técnicas, busca-se alcançar um grau de interação social necessário à obtenção de informações importantes para a análise. Para a análise dos dados, a técnica utilizada é a análise de conteúdo, com categorias construídas a posteriori, a partir dos dados de campo, elaboradas sob supervisão da professora colaboradora (em parceria com o tutor);

 

  • Análise de produtividade de reciclagem

Objetivo: Avaliar as principais causas das restrições ao aumento da produtividade dos associados, com objetivo de reduzir ou eliminar estas restrições, aumentando assim a produtividade e por consequência, a renda dos associados;

Método: Serão coletados dados de vendas mensais por tipo de material selecionado e número de horas trabalhadas por mês. Através de método estatístico de regressão linear será estimado a produtividade em horas de trabalho por tonelada, de cada tipo de material, assim como a incerteza da estimativa. Com base nos preços de venda será possível (através de simples multiplicação) avaliar o rendimento, em termos monetários, de cada hora trabalhada, para cada tipo de material;

 

  • Curso de planilha eletrônica (colaboração do professor Cláudio M. P. Cunha)

Objetivo: Dar uma formação mais completa que torne o estudante um profissional competitivo e qualificado;

Método: Os integrantes do PET Administração se qualificarão. Com esta qualificação poderão futuramente ofertar os cursos de Excel avançado e aplicado à administração. Em 2016 pretende-se ofertar o curso com uma aluna petiana como instrutora no primeiro período e outro com o prof. Claudio como instrutor no segundo período. Alunos do curso de administração e comunidade próxima estarão aptos a participarem. As aulas serão ministradas em laboratório de informática sendo disponibilizado material didático e certificado de participação.

 

  • Coleta seletiva na Universidade Federal do Espírito Santo

Objetivo: Formar a consciência cidadã em alunos e servidores da Ufes e melhorar a renda dos associados da Ascamare e da Amariv, por meio de um processo de coleta seletiva na Universidade. É importante ressaltar que esta atividade dependerá, em determinado momento, de uma parceria entre a UFES e a Prefeitura Municipal de Vitória, para a coleta seletiva;

Método: Ao longo de 2016 serão definidos pontos chave do processo de coleta - qual a abrangência da coleta seletiva (toda a Ufes ou áreas específicas); os receptáculos para a coleta; um eventual local de estocagem, se não houver; o meio de transporte até as associações; a identificação do material coletado na Ufes, para receber retroalimentação dos associados quanto à sua qualidade; o canal e o material de comunicação com a comunidade para divulgação do sistema de coleta seletiva. É importante destacar que é fundamental o apoio da Ufes e da PMV para o desenvolvimento desta atividade;

 

  • Quem são os administradores formados pela Ufes?

Objetivo: Identificar o perfil do profissional egresso do curso de Administração da Ufes, para auxiliar na discussão da estrutura curricular dos cursos. Além disso, manter uma base de dados atualizada com dados de egressos dos cursos de Administração;

Método: A primeira etapa será a elaboração de um cadastro de egressos do curso de Administração matutino da Ufes. A atração dos egressos para o cadastro pode envolver a realização de atividades como encontros de egressos, o que deverá ser definido a partir da identificação dos nós de redes. Formado o cadastro, serão aplicados questionários aos egressos, procurando uma amostra que cubra de recém formados a ex-alunos com mais de 10 anos de formado. Os questionários terão principalmente questões fechadas, visando uma análise quantitativa dos pontos focais definidos nos objetivos. Por ser um trabalho descritivo, não haverá testes de hipóteses. Haverá, também, questões abertas, para conhecer melhor os benefícios e carências do curso percebidas pelos egressos após inseridos em atividades profissionais;

 

 

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910